Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

Ao longe Distante fica o mar no horizonte

27.03.17 | Paulo Brites

DSC_7993-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/5, 1/60s, ISO 100

Praia da Marinha | Algarve | Portugal

 

https://www.youtube.com/watch?v=22ECJmvPfCs

 

"Vou andando Cantando

Tenho o sol à minha frente

Tão quente, brilhante

Sinto o fogo à flor da pele

Tão quente, beijando

Como se fosses tu

 

Ao longe Distante

Fica o mar no horizonte

É nele, por certo

Onde a tua alma se esconde

Carente, esperando

Esse mar és tu ... "

O Fado do Encontro - Mariza & Tim

 

 

Eu hei-de amar uma pedra

26.03.17 | Paulo Brites

DSC_0644-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 48mm, f/11, 1/500s, ISO 400

Monchique | Algarve | Portugal

 

https://www.youtube.com/watch?v=wdgp85C1gMc

 

Eu hei-de amar uma pedra

Deixar o teu coração

Uma pedra sempre é mais firme

Tu és falsa e sem razão

 

Quando eu estava d´abalada

Meu amor para te ver

Armou-se uma trovoada

Mais tarde deu em chover

 

Mais tarde deu em chover

Sem fazer frio nem nada

Meu amor para te ver

Quando eu estava d´abalada

Vitorino & Janira Salomé

Sorte

24.03.17 | Paulo Brites

DSC_8255-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 50mm, f/13, 1/640s, ISO 100

Sagres | Algarve | Portugal

 

Ouvi, esqueci,

vi, lembrei …

Remei, tentei,

sonhei, lutei.

Não quero,

mas sim viverei!

 

Senti, pensei,

vi, sei!

Dancei, pulei,

não tropecei,

não voei.

 

Não caí,

não corri.

Quis, sonhei,

Acreditei …

Nunca dividirei!

 

Trote, galope,

rima com golpe.

Regresso, sem corte

rumo ao tri,

sorte, para se ser feliz.

Paulo Brites

Gosto

24.03.17 | Paulo Brites

DSC_3831-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 24mm, f/3.8, 1/50s, ISO 100

Lago de Alqueva | Alentejo | Portugal

 

"Gosto de quem diz "bom dia", "boa noite", "desculpa", "tenho saudades" e "gosto e ti". De quem diz "hoje não, mas amanhã sim" e de quem não promete fazer, mas promete tentar. De quem me faz rir e me chama nomes parvos. De quem me ouve e atura. Gosto de quem é companheiro, leal, amigo, verdadeiro e birrento. Gosto de quem é real e de quem torna fácil ser eu.

Gosto de ouvir quem me ouve. De apoiar quem me apoia. De abraçar quem me abraça. De segurar quem não me larga. De ficar onde me querem. Gosto. Muito."

- Rita Leston -

Pág. 1/2