Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

Sei que o melhor de mim está para chega

19.03.17 | Paulo Brites

DSC_8713-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/9, 1/40s, ISO 100

Aldeia da Luz | Alentejo | Portugal

 

https://www.youtube.com/watch?v=2UDZH_Htpq8 

" ...

É preciso perder

para depois se ganhar

e mesmo sem ver

acreditar!

 

É a vida que segue

e não espera pela gente

cada passo que dermos em frente

caminhando sem medo de errar

 

creio que a noite

sempre se tornará dia

e o brilho que o sol irradia

há-de sempre me iluminar

 

Sei que o melhor de mim

está para chegar ..."

Mariza - Melhor de Mim

Eu ando pelo mundo

16.03.17 | Paulo Brites

DSC_4699-1-3

Nikon D3200, 18-55mm @ 18mm, f/10, 1/125s, ISO 100

Alentejo | Portugal

 

Porque todas as imagens têm música, porque todas as músicas têm palavras, porque todas as palavras têm imagens e porque todas as imagens têm sentimentos ... e porque todos os sentimentos têm momentos.

https://www.youtube.com/watch?v=EeNUsrw8qA8

 

Eu ando pelo mundo
E os automóveis correm
Para quê?
As crianças correm
Para onde?
Trânsito entre dois lados
De um lado
Eu gosto de opostos
Exponho o meu modo
Me mostro
Eu canto para quem?

Adriana Calcanhotto 

Não dá para expressar.

02.03.17 | Paulo Brites

DSC_8676-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 22mm, f/9, 1/100s, ISO 100

Aldeia da Luz | Alentejo | Portugal

 

Procuro mil maneiras para me expressar

mas perco as palavras quando de ti é p`ra falar

sinto um pedaço do paraíso em mim

não dá para expressar o que és para mim;

 

Procuro mil maneiras para me expressar

o quanto te quero amar

partilhar os meus sentimentos

onde estás presente em todos os momentos;

 

Procuro mil maneiras para me expressar

escrever-te o que me faz amar,

mas só me lembro do teu jeito de estar

e é por isso, que não paro de te amar!

 

Procuro mil maneiras para me expressar

vomitar o que me vai na alma,

não consigo escrever nem tão pouco fotografar,

só consigo dizer, que não paro de te amar.

Paulo Brites

Pág. 2/2