Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

Saramago (16.11.1922 - 18.06.2010)

18.06.18 | Paulo Brites

jose-saramago-810x805.jpg

 

Não me peçam razões, que não as tenho,

ou darei quantas queiram: bem sabemos

que razões são palavras, todas nascem

da mansa hipocrisia que aprendemos.

 

Não me peçam razões por que se entenda

a força de maré que me enche o peito,

este estar mal no mundo e nesta lei:

Não fiz a lei e o mundo não aceito.

 

Não me peçam razões, ou que as desculpe,

deste modo de amar e destruir:

Quando a noite é de mais é que amanhece

a cor de primavera que há-de vir.

 

José Saramago, in "Os Poemas Possíveis"

 

* Foto net

Qual Ronaldo ou Messi ... Costinha! O melhor do mundo!

17.06.18 | Paulo Brites

31895194_199621023984477_4716391849315532800_n.jpg

 

“António Costa completou 900 dias como primeiro-ministro na segunda-feira, 14 de Maio. Nesse dia, a Secretaria de Estado do Turismo nomeou em Diário da República uma técnica especialista para o gabinete. Foi a 1.717ª nomeação para um gabinete do executivo socialista - uma média de 1,91 por dia … “ - http://www.sabado.pt/portugal/detalhe/o-governo-ja-nomeou-1717-pessoas-quase-duas-nomeacoes-por-dia

 

Bem agora que estamos em plena época futebolística e milagrosa também, pois ainda não se ouviu falar de nenhum politico convidado e com despesas pagas para ir ver os jogos do mundial  - coisa inaceitável! Mas avaliando esta noticia do Sábado como verdadeira e, fazendo uma avaliação futebolística da coisa … para aqueles que dizem que o Ronaldo é o melhor do mundo … desculpem mas estão errados! Já repararam na média do Costinha? E isso até 14 de maio!

 

1,91 nomeações por dia … como disse há anos atrás o nosso homem da Paz, é só fazer contas! Temos então que por semana o Costinha nomeia 13,37 amigos, o que de facto é sem dúvida, talvez … o melhor ataque do mundo! Qual Ronaldo ou Messi? Costinha é que é! Nem o Jonas consegue marcar tantos golos numa semana … mas se calcularmos os valores por mês, chegamos ao maravilhoso número de 57,3 pessoas …

 

Bem, em jeito de conclusão … como é bom sermos (des)governados por um homem tão social, com tantos amigos e o melhor ainda … sempre disponível para dar uma ajudinha àqueles que com ele estão no momento da renovação a segurar um pauzinho com uma bandeira! Um homem de grande generosidade … sem dúvida!

 

Beijinhos …

 

Cartoon -  https://www.facebook.com/OLapisQueRi/ 

Portugal, Tão Diferente de seu Ser Primeiro

10.06.18 | Paulo Brites

DSC_8472-1-3.tif

Nikon D3200, 50-200mm @ 52mm, f/5, 1/500s, ISO 100

 

Os reinos e os impérios poderosos, 
Que em grandeza no mundo mais cresceram, 
Ou por valor de esforço floresceram, 
Ou por varões nas letras espantosos. 

Teve Grécia Temístocles; famosos, 
Os Cipiões a Roma engrandeceram; 
Doze Pares a França glória deram; 
Cides a Espanha, e Laras belicosos. 

Ao nosso Portugal, que agora vemos 
Tão diferente de seu ser primeiro, 
Os vossos deram honra e liberdade. 

E em vós, grão sucessor e novo herdeiro 
Do Braganção estado, há mil extremos 
Iguais ao sangue e mores que a idade. 

Luís Vaz de Camões, in "Sonetos" 

Viva o desenvolvimento, os prémios mundiais no sector do azeite e, os novos olivais no Alentejo

05.06.18 | Paulo Brites

DSC_4248-1.jpg

 

Hoje é dia do ambiente mas como tudo na vida não é para todos! Para uns é dia de “meio-ambiente” porque para muitos o que afeta diretamente o metabolismo ou o comportamento de um ser vivo ou de uma espécie, incluindo a luz, o ar, a água, o solo ou os outros seres vivos que com ele coabitam é algo que só hoje os preocupa! Para estes, hoje é o dia mostrar e partilhar nas redes sociais que se preocupam com tais coisas, fica bonito e, até não custa assim tanto.

Para outros também hoje é o dia do ambiente, mas do ambiente-social, porque escrevem, leem, falam e discutem nos seus locais de trabalho, no café … até na caixa do supermercado eles discutem essa “treta” do ambiente. Claro que esquecendo que o “ambiente social” não é nada disso mas sim algo bem mais abrangente e que deveria significar a cultura em que um indivíduo vive ou onde foi educado e no conjunto das pessoas e instituições com quem ele interage - quer individualmente, quer como grupo.

 

Bem também por aqui não vamos lá!

 

Depois existem outras definições de “ambiente” como o ambiente legal, tecnológico, inteligente, virtual … e um que está muito em voga e que muitas vezes se ouve, ouve do verbo ouvir não do verbo haver, que como existe muita “gente” que confunde o substantivo “ambiente”, também existe muito boa “gente” que confunde o que ouve com o que houve. Falo do ambiente de trabalho do nosso computador e, que muito se ouve “tenho que limpar o meu ambiente de trabalho porque já não percebo nada disso!” e pouco se preocupam com o verdadeiro Ambiente … aquele onde vão beber, comer, respirar e outras coisas terminadas em “ar”.

 

Como diz uma amiga minha, resumindo e baralhando hoje é 5 de Junho dia internacional do ambiente e pronto, nada de ambientes de gabinetes, de escritórios e muito menos de ambientes económico-financeiros … é dia do ambiente e ponto final!

 

Na passada quinta-feira fui visitar uma fábrica no baixo Alentejo que é um símbolo do desenvolvimento que tanto se quer para a nossa imensa região! Falo de uma fábrica de queima de bagaço de azeitona em que teoricamente para os responsáveis do nosso País nada vale, bem pelo contrário, para além de não respeitar uma aldeia que já existia antes, ainda têm a coragem de dizer: “é impossível haver atividade económica sem impactos ambientais“ e, que isso é “o outro lado da moeda do desenvolvimento”

Pois bem, afinal os nossos políticos até sabem utilizar de forma correta o “H”, não se enganam no verbo Haver quando nos seus olhos estarão porventura os seus bolsos e, ai sim, aplicasse “H” no ver …

 

Mas porque hoje é dia do ambiente também eu tenho direito a dar uma ajuda à população da Aldeia de Fortes no concelho de Ferreira do Alentejo, para que, a sua voz consiga chegar bem alto ao ambiente do “hemicirco” da Assembleia da República …

Não vos transmitirei o horror que vi durante 30 minutos que por lá permaneci, a única coisa que vos digo é que passado 5 dias ainda o cheiro a bagaço de azeitona e a gordura que daquelas chaminés saia, está presente no meu carro … quanto ao resto, deixo aqui um link para os interessados e que, tenta descrever o que só os olhos conseguem ver …

 

https://navegantes-de-ideias.blogspot.com/2018/02/fortes-novas-alentejo-desenvolvimento.html 

 

Bom resto de dia para hoje dia internacional do ambiente …

Uma fotografia, uma música … e um bom medronho – Parte VIII – Miguel Araújo

04.06.18 | Paulo Brites

DSC_4651-1-2

Nikon D3200, 18-55mm @ 55mm, f/5.6, 1/80s, ISO 100

 

 

Dói-me o baço, dói-me o braço

Tropeço e troco o passo

Faço o que posso e o que não posso

Meço, coço, peso e peço ao Padre-nosso

 

-Faço o que posso e o que não posso

Meço, coço, peso e peço ao Padre-nosso

 

Pesam-me as pernas, pesam-me penas

Patológicas obscenas

Faço o que sei e o que não sei:

Choro, rio, rezo, rogo em vãs novenas

 

-Faço o que sei e o que não sei:

Choro, rio, rezo, rogo em vãs novenas

 

Mas há uma azia que se me cresce

Que quando me aparece nada em mim se mexe:

É o medo que o meu médico deixe

Que eu deixe de ter de que me queixe

 

-Que eu deixe de ter de que me queixe

 

Ponho zelo, ponho gelo

Dói-me a pele e dói-me o pelo

Dói-me um cabelo e outro cabelo

A cruz, a cris, o calo e o cotovelo.

 

-Dói-me um cabelo e outro cabelo

A cruz, a cris, o calo, o cotovelo.

 

Ai Cristo, ai quisto,

Minha Nossa o que é que é isto?

Que é da crosta que era ali?

Que é do quisto que era ali?

Pelo que parece pereci

 

-Que é da crosta que era ali?

Que é do quisto que era ali?

Pelo que parece pereci

 

Mas há uma azia que se me cresce

Que quando me aparece nada em mim se mexe:

É o medo que o meu médico deixe

Que eu deixe de ter de que me queixe

 

-Que eu deixe de ter de que me queixe

 

Miguel Araújo