Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

365 de Fevereiro de 2017

18.02.18 | Paulo Brites

FB_IMG_1501864929864.jpg

 

Ontem dia 365 de Fevereiro de 2017, estive uma hora a escrever um texto que acabou por ficar uma valente merda. Como é óbvio lembrei-me de todos aqueles que já escrevi e que publiquei antes de os reler … e evidentemente não publiquei tamanha obra de arte! Sim, porque quando parece ser uma merda é mesmo uma grande cagada!

Mas “coisas” há parte, resolvi arquivar tão inspirado texto e achei por bem deixar-me de merdas e, escrever antes sobre o que tem acontecido desde ontem dia 365 de Fevereiro de 2017.

Tivemos um primeiro grande dia de glória quando a 13 de Maio, o Papa rezou em Fátima, o Benfica ganha o primeiro (dele – os outros já o tinham ganho) tetra- campeonato e o Salvador faz jus aos “rabos-de-cavalo” e ganha a Europa amando pelos dois.

Antes disso Lisboa recebe a Madona e em modo  Like a Virgin redescobre o amor porque I was beat, incomplete e como se fosse Touched for the very first time muda-se para cá!

Mas como por cá somos todos bons rapazes, a campanha eleitoral das autárquicas começa a aquecer para os lados de Frielas e túnel do Marco do Grilo e, eis que entra na jogada um segmento de eleitores que em alguns concelhos vai mais tarde, fazer a diferença nos números de votos e consequente vitória dos “rosinhas” deste país!   

Depois da alegria que foi a qualificação da seleção nacional de futebol para 2018 na Rússia, veio a tristeza e o inferno dos incêndios, embora para alguns encostados nas Santas Casas da Misericórdias essa coisa até que foi uma oportunidade de reaparecer, claro, cada um á sua dimensão, porque nem todos são figuras públicas de primeira linha! Mas de salientar a coragem que o homem de Pedrogão teve em informar o “grande” chefe de um lapso de falta de verdade e o pior, o “grande” chefe acreditar. Sem antes saber se o senhor provedor fala verdade ou não … lá teve que no dia seguinte, como um coelho fugido da mata, pedir desculpas e confirmar a sua total inaptidão para fazer frente à geringonça. Enterraram-se os mortos mas ainda muito falta para tratar dos vivos … mas pelo menos, todos nós Portugueses ficamos bem informados dos investimentos de milhões que têm sido feitos no SIRESP e a sua total operacionalidade ao serviço de causas, quando essas estão a beber uma imperial com tremoços e não se recebe nenhuma ocorrência fora do normal …

Em outubro todos nós ficamos emocionados como por exemplo, sentirmos que o povo português é de uma bondade fora do normal e que, elege o amigo Isaltino para um mandato em que fica provado que acreditamos no trabalho e naquela “coisa” da reinserção na vida activa … mas o pior, ficamos a saber que não gostamos muito da música da “diva” Ágata (afinal se nem sabe cantar como poderia governar?)  

Também durante esta “paragem” no dia 365 de Fevereiro de 2017, morreram algumas “pessoas” que marcaram estes últimos anos, de entre eles o apelidado “velho do restelo” por dizer algumas verdades naqueles programas “olhos nos olhos” que muitos diziam: O velho está gágá … mas não, Medina Carreira não estava gágá! Também morreu de morte morrida um ilustre ou desilustre português que se deveria ter reformado por volta do ano da graça de 1975, muito tinha poupado ao nosso país! O mais engraçado é que o amigo Costinha falha o funeral (do seu líder espiritual) para além claro de achar que um assalto a uma base militar nacional e todos os problemas derivados dos incêndios não é motivo suficientemente forte para interromper umas merecidas férias!

Acontecimentos internacionais aproveitados por nacionais banalizaram a luta feminista, o problema do assédio sexual e da violência doméstica. No entanto sempre deu para aprender um pouco de história e sabermos como era visto tal acontecimento na perspectiva bíblica ou mesmo no seculo XIX! Felizmente que já não vivemos nesse tempo e hoje não é dia 365 de Fevereiro de 2017.

O nosso amigo “talhador” é considerado o CR7 da “coisa” e ocupa o lugar do amigo Dijsselbloem depois de Vieira da Silva, o secretário de estado e as muitas Paulas darem razão ao holandês quando disse que gastamos muito dinheiro com “elas as paulinhas” e claro com os copos e chávenas de chá … e até camarão! Fazendo imortalizar a tão honestidade e justiça de preços a que os “Correeiros” deste país praticam!

Também e não deixando de ter a sua importância, principalmente para divertimento nas redes sociais, importamos a moda “alfabética” das tempestades, num país que está em seca severa e que tem tudo de tempestades menos as atmosféricas …

Por fim não queria deixar de salientar a tão “produtiva” AG do Sporting … em que o homem manda fazer “o amor” aos jornalistas e eles hoje não param de fazer o contrário e sentem-se umas virgens ofendidas dizendo: É inadmissível alguém nos mandar fazer “o amor” e vamos continuar a dizer que tu não nos mandas dizer nada …

Também de salientar que ontem ficou provado que é mais importante ser sexy, bonito e ter saúde do que qualidades e capacidades para se ser seja o que for, até ser vice-presidente de qualquer coisa, politica, associativa, ou quem sabe até amorosa …

Muita coisa faltou referenciar desde o dia 365 de Fevereiro de 2017 mas não tenho tempo para mais … e claro ninguém se deverá sentir importante porque ontem, foi dia 17 de Fevereiro de 2018 e não 365 de Fevereiro de 2017! Nada parou, nem mesmo os emails do Benfica ou a atualização da taxa de natalidade e as suas simulações! Nada …

 

Beijinhos