Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

António Lobo Antunes e os homens comuns ...

25.03.18 | Paulo Brites

20946362_aKc6v.jpeg

 

Tivemos em Portugal esta semana um homem comum, tão comum que resolveu fazer o que sempre fez! Tocar e cantar canções num passeio público. Tão comum que faz o que sempre fez! Escrever poemas para as suas canções. Tão comum que resolveu não estar presente para receber um prémio Nobel ... tão comum que continuar a ser ele mesmo, não alterando nada na sua vida depois de ser reconhecido em 2016 como um “monstro” da literatura. Sim, tivemos esta semana em Portugal um homem comum, tão comum que muitas e muitas “pessoazinhas” não o percebem, ou melhor, não o percebiam ou ainda melhor, só depois de 2016 dizem que o “gajo” até é bom! Faz lembrar aquela piada que volta na volta circula nas redes sociais “Muita gente admira o Picaso sem nunca terem ouvido uma música dele”.

Sim, tivemos esta semana em Portugal um homem comum, tão comum como outros tantos homens comuns que escrevem, tocam e cantam umas merdas quaisquer! Leonard Cohen (1934-2016), Joaquin Sabina, Manu Chao, Tom Zé, Tom Waits … Chico Buarque ... terei que parar porque existem tantos e tantos homens comuns que iria com toda a certeza, esquecer muitos e muitos homens comuns!   

Mas afinal o que é ser “homem comum”?

Como diz um outro homem comum, António Lobo Antunes, “É preciso viver como homem comum entre homens comuns. Só um homem comum pode fazer grandes coisas”

Sim, Portugal também já teve entre muitos homens comuns, um homem comum chamado José. Não o José da bola que esse também na sua área é um homem comum, mas falo do Saramago … também ele um homem comum que consta da lista dos vencedores dos prémios Nobel da Literatura!

Será que um dia ainda irei ver mais um Português comum, ganhar um prémio Nobel da Literatura? Será que António Lobo Antunes, por ser um homem comum, será reconhecido pelos homens incomuns que elegem os homens comuns para tal prémio?

António Lobo Antunes sem margem de dúvidas merece ser mais um homem comum, a entrar no mundo dos homens incomuns!

Professor Marcelo, tu também és um homem comum e, agora que ficaste mal na fotografia com a aprovação da lei do financiamento dos partidos políticos … calculo que não te apeteça tirar muitas selfies … dá uma ajudinha a que os homens incomuns conheçam este homem comum que é o António Lobo Antunes!

 

Beijinhos …

* Foto Wikipedia