Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

As pessoas e as suas coisas faceboquianas

02.04.18 | Paulo Brites

quais_as_redes_sociais_que_mais_bombam_no_mundo.jp

 

Decididamente não vale a pena! São as mensagens de correntes e merdas dessas … os gifs que se enviam e se enche a “caixa” de mensagens das “pessoas” … aqueles que por terem mais seguidores que Jesus Cristo (que só tinha 12 e mesmo assim a “coisa” correu mal) se acham a nova salvação do mundo e descarregam sem dó e piedade “dizeres” que eles próprios não acreditam nem praticam … enfim … sabem do que estou a falar!

Há dias atrás decidi entrar num grupo de facebook, um grupo que tinha tudo para ser algo de interessante. Um grupo que tinha como “missão” dar a conhecer aos interessados a maravilha do cante alentejano … e estava a conseguir isso! Estavam a conseguir divulgar umas “coisitas” engraçadas que, no meu caso, até gostava de acompanhar! Eram uns vídeos que se iam gravando nas tabernas e cafés da zona de residência do administrador e que têm a sua qualidade! Mas depois … bem, depois como se de uma invasão marciana se trata-se … lá estão os agradecimentos por serem aceites no grupo … as mensagens de esperança e bom dia … aquelas “rosinhas” que se enviam aos amigos virtuais com dizeres esperançosos e votos de muita felicidade, as benditas correntes … enfim … tive que anular as notificações, tive que deixar de seguir pois as publicações autorizadas aos seus seguidores são tudo menos “Cante Alentejano”, também isso não me deixa surpreso …

O engraçado é que esse fenómeno “cibernaútico” tem várias vertentes. Por exemplo a emigração faiceboquiana para o instagram! Embora tão “bela” seja a filosofia da dita APP aquando da sua criação em que a dita “filosofia” seria a partilha de imagens e coisas assim … Os feiceboquianos aderiram e pronto … porque estão “fartos” das partilhas de auto-ajuda e “dizeres” maravilhosos partilhados no facebook deram início à feiceboquianisse no instagram! Depois claro a parte económica é sempre importante e o próprio instangram resolve de 3 em 3 publicações partilhar publicidade e lá se fomos tornando amigos íntimos dos “patrocinados”.

Há quem defenda que o facebook é para a hipocrisia o messenger para os engates, o instangram para a beleza incondicional dos nossos rostos e caras, o twitter para a rebeldia dos fodasses e dos caralhos e do escárnio e mal dizer … o  LinkedIn para a divulgação de currículos e procura de novos projectos profissionais … o badoo para a divulgação de prazeres carnais  … o WhatsApp para as traições … enfim e por ai fora! Ressalva seja feita por exemplo ao flickr, que continua com a sua “filosofia” inicial e muito bem só permite publicações de fotos … mas não! As redes sociais não são somente para essas coisas … bem pelo contrário!

Agora perguntam vocês? O que é que eu tenho a ver com isso tudo? Nada! Tenho mais seguidores que Jesus Cristo mas por isso não tenho a audácia de o querer substituir! Nem quero!

Depois de um retiro espiritual lá contínuo adepto do facebook, twitter e flickr sendo que terei que ter alguma paciência com essas merdas feiceboquianas da paz, amor, orientações profundas e espirituais e coiso e tal como as pedras do caminho e a construção de castelos … mas por favor faceiboquianos voltem e abandonem o instagram! Não que tenha saudades vossas mas porque neste momentos vocês estão a duplicar sem qualquer critério as vossas publicações de facebook e o pior, é que até mal de vós próprios dizem ao dizerem que o facebook está um marasmo! Vá lá … deixem-se de merdas e olhem para o espelho, ok? Quando peço que voltem para o facebook não é com saudades vossas, porque como já disse, vocês duplicam as vossas publicações (tal com eu estou a duplicar a palavra “saudades”), mas sim para que o intangram regresse ao seu espaço e fique de novo uma rede social interessante para os seus seguidores …

Vá pessoas uma boa segunda-feira de páscoa, ou pascoela … ou seja o que for!

Beijinhos e vejam se atinam com a vossa rede social preferida!

Um último pedido: Deixem-se de merdas e acabem lá com as correntes, mensagens profundas de paz e bem estar … e coisas assim! … e agradecimentos por um amigo ter aceite a amizade virtual, ok?  

 

* foto net