Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

Covid-19 e a Estupidez Generalizada

13.03.20 | Paulo Brites

“Ser ignorante é aceitar sem questionar, é viver numa espécie de prisão vendo o mundo por detrás de grades e ser feliz com esta situação” uma frase de uma amiga, que ontem, no meio de algumas mensagens privadas, surgiu!

E surgiu, como complemento e resposta a uma outra mensagem minha: sem ignorantes a corrupção fica mais difícil! Se alguém lhes ensina e aprende matemática, fica mais difícil esconder contas. Se ensinamos a ler, já não nos ouvem! Se lhe ensinamos geografia, ficam a saber que a Austrália não é um continente mas um país... Se lhes ensinamos literatura, não vão gostar dos nossos poemas.

Bem, poucas palavras há necessidade de utilizar nos dias de hoje. Elas requerem é atitudes! No entanto, vou tentar ser resumido!

Quando há décadas atrás permitimos que o caminho fosse o da ignorância, conseguimos ser mais ignorantes, do que os ignorantes que o estavam a trilhar. Poderia aqui falar de muita coisa e sobre mais outras tantas. Mas não. Somente vou falar da “Escola”! Não da “escola” física que se reconhece nos seus edifícios, mas a escola real da vida!

A escola, não são somente alunos, professores, auxiliares. A escola é a sociedade num todo! Somos todos nós!

Neste momento de crise que vivemos, crise de saúde pública (porque temos muitas mais crises, tão ou mais importantes), percebemos exatamente que o nível medíocre com que se nivelou o país nas últimas décadas, é deveras preocupante! O facilitismo na escola, na educação, no respeito, está bem patente que foi e é um erro enorme!

Tenho estado a acompanhar o decorrer de tudo, que há volta do covid-19, tem existido. É certo que o humor, muitas vezes, é uma desculpa e uma forma de dizer: não posso falar de outra coisa mais séria, porque vocês não percebem!  Tenho visto comentários que não lembram ao Diabo! Falo de comentários, principalmente, em publicações de órgãos de comunicação social. A falta de conhecimento, critérios e acima de tudo, a falta de capacidade de raciocínio e educação, é gritante!

A culpa, não está somente nas pessoas! A sociedade que infelizmente temos hoje, é o reflexo do total abandono de um dos pilares de uma sociedade moderna, a escola. Escola que deveria ter munido o cidadão de capacidades de raciocínio, de conhecimentos, de inteligência. Mas não! E não porque, como já referi, sem ignorantes a corrupção fica mais difícil! Se alguém lhes ensina e aprende matemática, fica mais difícil esconder contas. Se ensinamos a ler, já não nos ouvem! Se lhe ensinamos geografia, ficam a saber que a Austrália não é um continente mas um país... Se lhes ensinamos literatura, não vão gostar dos nossos poemas.

Como prometi, não me vou alongar muito neste texto, felizmente ainda acredito que existem pessoas que percebem este meu desabafo! Mas não quero deixar de salientar 2 coisas:

- Como é possível, que tenhamos que informar constantemente e sistematicamente, socorrendo inclusive de imagens, para explicar a importância de lavar as mãos? E como se lavam!

- Também gostava de referir: Há uma disciplina no currículo escolar que se chama história! Nela, aprendemos o que os nossos antepassados fizeram acontecer. De entre as muitas coisas, relembro que a guerra biológica e química, não é coisa nova! Ela, já existiu! Para não massar, falo somente das conhecidas covas do lobo, que existem nos perímetros dos castelos. Eram utilizadas, para em paus com bicos afiados, colocar carnes podres, para que, quando existisse um ataque inimigo, o mesmo caísse na armadilha e nas feridas daí decorrentes, a peste, os contaminasse! Cada um, que retire daqui a conclusão que entender!

Bem, para terminar, não esperem que os nossos governantes nos digam o que fazer! Já sabemos, que desse lado, nunca vem coisas boas e atempadas. Lavem bem as mãos, evitem aglomerações, espirrem para o lado e para o cotovelo … e, deixem-se de paranoias de papel higiénico! Respeitem a quarentena, afinal, sempre foi assim que se conseguiu conter surtos de doenças! Depois … bem, depois teremos tempo para tratar dos vivos e das questões financeiras!

Como estamos a viver uma pandemia, hoje não termino com beijinhos nem abraços. Somente, cumprimentos!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.