Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

Mas que raio se passa neste momento?

17.09.19 | Paulo Brites

70506584_2038798322933269_7551783001613402112_n.pn

 

Eu gosto de carne! Tu gostas de peixe!

Eu gosto de alface e tomate! Tu gostas de rúcula e agriões!

Eu gosto do bosque e da floresta! Tu gostas da cidade!

Eu gosto de tartarugas! Tu gostas de gatos!

Eu gosto de Fernando Pessoa! Tu gosta de Florbela Espanca!

Eu gosto do FC Porto! Tu gosta do SL Benfica!

Eu gosto de beber café em jejum! Tu gostas de beber depois do pequeno-almoço!

Eu gosto de beber uma imperial às 17 horas! Tu gostas de chá!

Eu gosto da Nikon! Tu gostas da Cannon!

Eu gosto de mulheres! Tu gostas de homens!

Eu sou ateu! Tu és crente!

Eu gosto disso, tu daquilo!

Mas que raio se passa neste momento? Isso é algo que lesa a Pátria?   

Nunca me dirigi de forma direta a um pseudo-partido politico! Mas chega! Estou cansado de ouvir tanta treta!

Partido ecologista? Parece anedota! Ecologista sou eu e não me revejo em nada das questões deste movimento ditatorial e extremista, que tem, a abreviatura de ... (não posso dizer, porque quem sabe, ainda me metem um processo em tribunal)

Certo que estou a correr o risco de me julgarem também um extremista! Mas sei que não sou!

A questão do ordenamento do território? A questão dos incêndios e da floresta em Portugal? A questão da utilização excessiva de pesticidas e alguns deles até proibidos em Portugal? A questão dos parques naturais que praticamente já não existem? A questão da contaminação poluente dos nossos rios e linhas de água? A questão das monoculturas que arrasam tudo pela frente, sem qualquer respeito pelas pessoas, terrenos, natureza, animais e património? A questão da total pressão sobre a natureza? ...

Esta lista nunca mais terminava! Ecologia é dizer: a partir de agora o Estado não serve mais carne! Só vegetais!

Tenho o direito em gostar de carne, tal como qualquer um tem o direito de ser vegetariano! Ou melhor, isso nem é uma questão de direito! É uma questão de opção!

Já quanto aos gatinhos e cãozinhos, não sejamos ridículos! Um reformado que não tem dinheiro para comprar os seus medicamentos, irá ter ajuda para levar o seu gatinho e o cãozinho ao veterinário? Mas estará tudo doido ou sou eu que estou a ver mal a coisa?

Ditaduras, extremismos e todos os movimentos desse tipo, somente nos livros de história! E mesmo nesses, lamento muito, todos aqueles que permitiram que tais situações acontecessem!

Por favor, deixem a hipocrisia à entrada da ETAR da vossa localidade, na esperança que ela (ETAR) tenha capacidade de a reciclar!

Beijinhos