Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

O comboio da rentrée politica, igualdade, falta de vergonha e respeito por todos nós!

26.08.18 | Paulo Brites

Obervador.jpg

 

Finalmente uma boa notícia! O famoso comboio fretado pelo PS e que levou a CP a assumir por escrito que iria provocar atrasos nos comboios regulares (que claramente mostra a existência de portugueses de 1ª e 2ª … vá, 3ª e 4ª também) devido há existência de interesses claramente “vipeiros”, oportunistas, abuso de poder e outras “cosas notras”, parece que está a andar sobre linhas! Sim, parece que afinal os nossos “quimboios” até funcionam em termos do cumprimento de horários. Aliás nada me surpreende se um comum português, depois de saber que a CP até consegue cumprir, quando necessitar de realizar uma qualquer viagem, solicite também à dita empresa pública, um comboio só para ele, afinal somos todos iguais em termos de direitos e deveres, a única diferença é que uns são mais que outros, só isso!

 

Se estou em desacordo com o PS fretar um comboio para oferecer viagens aos seus simpatizantes e militantes? Claro que não! Até concordo! Mas (existe sempre um mas) se tal organização pagasse impostos como qualquer cidadão ou empresa … mas se tal comboio tivesse que se “encaixar” na disponibilidade de circulação … mas se em primeiro lugar a preocupação fosse o não provocar atrasos em quem viagem todos os dias … mas se os políticos fossem os primeiros a dar o exemplo … mas se os comboios tivessem a funcionar normalmente por todo o pais … mas se existisse uma boa ligação com passagem pelo Alentejo … mas se este comboio não fosse discriminatório e partisse de Faro (sim porque também existem interessados a sul do tejo digo eu! Ok, são poucos eleitores, não vale a pena o investimento) … mas se o nosso Primeiro-ministro tivesse vergonha na cara … mas se eu não acabar de enumerar motivos nunca mais termino este texto!   

 

Por falar em portugueses de 1ª, 2ª … 3ª, 4ª … também parece que vamos dar continuidade aos vários níveis de alertas, proteção, discriminação e mais uns não sei quantos “çãos” quando de IRS, impostos e coisas afim se trata!

 

Ao invés de se criar condições profissionais, estruturais e de desenvolvimento, que sejam aliciantes para o regresso dos nossos emigrantes “qualificados” porque os outros não têm interesse (até aqui mostra portugueses de 1ª, 2ª …3ª, 4ª) e que foram obrigados a emigrar devido às loucuras, eu disse loucuras? Queria dizer corrupção desculpem! De uns camaradas do nosso Costinha & Companhia (da direita à esquerda e da esquerda à direita), agora parece que lhe vamos perdoar 50 % do IRS se tal regresso acontecer - Risos!!! Nada tenho contra os nossos imigrantes no entanto a falta de respeito para com todos os portugueses é por demais evidente e o princípio da igualdade é claramente violado!

 

Agora dizem vocês, mas precisamos de mão-de-obra qualificada! Claro que sim! Mas onde os vamos empregar? Num qualquer ministério como consultores? E se desses emigrantes, alguns que regressem forem por exemplo professores? Enfermeiros? E tantas outras profissões que têm as suas carreiras congeladas … irão ficar a ganhar mais do que os restantes que não emigraram? É isso a que se chama justiça social e tributária?

 

Senhores políticos tenham vergonha na cara!

 

 

Beijinhos e abraços …

 

* Foto - O Observador