Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diz à mãe para migar as sopas ...

Diz à mãe para migar as sopas ...

Uma fotografia, uma música – parte XV – Maria Bethânia – Tocando em frente

05.09.18 | Paulo Brites

O banco do jardim ...

Nikon D3200, 18-55mm @ 55mm, f/5.6, 1/60s, ISO 400

 

https://www.youtube.com/watch?v=3T1VRhGfEVU 

 

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

 

Hoje me sinto mais forte
Mais feliz, quem sabe
Eu só levo a certeza
De que muito pouco sei
Ou nada sei

 

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

 

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso chuva para florir

 

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente

 

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu sou

 

Estrada eu vou

Conhecer as manhas

E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

 

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso chuva para florir

 

Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

 

Cada um de nós compõe a sua história
E cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

 

Almir Eduardo Melke Sater / Renato Teixeira De Oliveira